Vitrine interativa e virtual

14 de março de 2014Tempo de leitura: < 1 minuto

adidasSeguindo a trilha da interação entre os ambientes virtual e offline atestado em grandes redes do varejo mundial, os supermercados britânicos Tesco instalaram vitrines virtuais em alguns aeroportos e estações de metrô. Por meio de uma espécie de tablets gigantes, os consumidores navegam entre os produtos que desejam comprar. Poucas horas depois, o produto escolhido é entregue na casa do cliente.

O clima de vitrine virtual segue em algumas lojas da marca esportiva Adidas, que passaram a funcionar mesmo quando estão fechadas. Uma vitrine interativa mostra os produtos que estão à disposição na loja. Para comprá-los basta tirar uma foto do código de barras, informar o endereço da entrega e aguardar o produto, no conforto de casa.

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Tenha o melhor conteúdo sobre arquitetura e urbanização, atualizado e direto no seu e-mail.

A Urgência da Transformação Digital na Construção Civil

A transformação digital nas empresas da construção civil…

Open Mall: a conveniência dos centros comerciais de proximidade

A tendência mundial dos Open Malls, que está recriando os…