Maior prédio comercial movido a energia solar do mundo fica na China

13 de março de 2014Tempo de leitura: < 1 minuto

PredioSolarChinaCinco leques de painéis solares instalados na cobertura, ocupando uma área de 5 mil m², geram 95% da energia necessária para o Altar do Sol e da Lua, maior edifício comercial do mundo, localizado em Dezhou, na China.

O prédio de 75 mil m² abriga escritórios, centros de pesquisa científica, salas de reunião e treinamento, um centro de exposições e hotel. Além dos painéis solares, que economizam mais de 30% mais energia do que a meta de economia estipulada pelo governo, a concepção do projeto do prédio também foi ecoeficiente, exigindo apenas 1% da quantidade de aço que foi utilizada na construção do Ninho do Pássaro, um dos estádios olímpicos de Pequim.

Em relação ao design, o Altar do Sol e da Lua foi inspirado em um relógio de sol e nos caracteres chineses para sol e lua. A cor branca adotada na fachada simboliza energia limpa, além de ajudar a refletir a luz do sol, reduzindo o calor.

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Tenha o melhor conteúdo sobre arquitetura e urbanização, atualizado e direto no seu e-mail.

Arquitetura para Supermercados: Rollout como tecnologia para expansão de redes

As tendências de consumo são reflexos da situação econômica…

Design for Disassembly: Para construir o futuro é preciso desconstruir

É isso mesmo que você leu: as construções do futuro serão…