Produzindo pela qualidade

8 de fevereiro de 2013Tempo de leitura: 3 minutos

A VZA investe na gestão da qualidade. Em janeiro, buscou no mercado o estagiário Marcelo Neves Jung, 30 anos. Ele é estudante do curso técnico em Qualidade da Fundatec, chegando para agregar aprendizado à cultura do escritório.

Há, e também foi capa do caderno Pende Empregos da Zero Hora, no último dia 27. Confira!

Zero Hora On-line 26/01/13
Zero Hora 27/01/13

 

Seis mil vagas de estágio no Estado

Janeiro e fevereiro costumam ser recheados de oportunidades para quem está iniciando a vida profissional

 

Mercelo Neves Jung iniciou há duas semanas o estágio em um escritório de arquitetura

Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Maria Amélia Vargas
maria.amelia@zerohora.com.br

Milhares de estudantes se formam em dezembro, deixando vagos seus postos de aprendizes nas empresas. Além disso, no final do segundo semestre, as empresas costumam prever contratações para o ano seguinte e os órgãos públicos fazem as substituições de estudantes. Sendo assim, janeiro e fevereiro costumam ser recheados de oportunidades para quem está iniciando a vida profissional.

Enquanto alguns preferem descansar, outros estão alerta e iniciam a busca por estágio no auge do verão, quando as melhores vagas estão disponíveis e a concorrência é menor. Levantamento feito pelo caderno Pense Empregos aponta pelo menos 6 mil vagas abertas para estudantes no Estado neste início de 2013.

O ano está ainda mais atraente para quem quer dar os primeiros passos profissionais. Segundo Lucas Baldisserotto, gerente de operações do CIEE-RS, o número de rescisões e abertura de vagas cresceu 9% em comparação a 2012.

No departamento de estágios da Fundatec, houve em janeiro um crescimento de 41% no número de vagas em relação à média mensal de 2012. Em contrapartida, o número de cadastros diminuiu 3% no período, afirma Sheila Saviczki, vice-diretora da escola profissional da entidade.

— Para ajudar o pessoal que está empenhado em conquistar uma vaga, a Fundatec oferece curso de educação à distância com dicas de como se preparar para a entrevista — salienta Sheila.

Além da questão da menor concorrência, o fato de procurar uma vaga nesta época do ano diferencia o candidato perante o selecionador.

— O jovem que tem foco na carreira em um período no qual a maioria está em busca de diversão e descanso passa a ideia de responsabilidade — destaca Gustavo Ávila, diretor da Metta Capital Humano.

Além disso, nesta fase em que o estudante está sem aulas e com tempo livre, pode iniciar o trabalho com mais tranquilidade, lembra Simone Kramer, vice-presidente de expansão da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS):

— É um bom momento para aprender, conhecer pessoas e a empresa.

 

***

Vaga dos sonhos chegou nos primeiros dias do ano

Entre os estudantes que decidiram procurar oportunidade de estágio no auge do verão, estão Carolina Rodrigues Lobato, 21 anos, e Marcelo Neves Jung, 30 anos. A jovem, que cursa bacharelado em Letras na UFRGS, sempre quis trabalhar em editora. A maioria das vagas disponíveis no decorrer do ano, no entanto, era para professor ou monitor. E foi justamente em janeiro que conquistou a chance tão esperada: de revisora de textos na editora Grupo A.

Para Marcelo, a melhor oportunidade também veio nos primeiros dias do ano. Estudante do curso técnico em Qualidade da Fundatec, ingressou como estagiário há duas semanas no escritório de arquitetura Vera Zaffari.

— No ano passado, eu trabalhava em uma metalúrgica, mas a atividade atual tem mais a ver com o meu perfil —destaca.

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Tenha o melhor conteúdo sobre arquitetura e urbanização, atualizado e direto no seu e-mail.

A Urgência da Transformação Digital na Construção Civil

A transformação digital nas empresas da construção civil…

Open Mall: a conveniência dos centros comerciais de proximidade

A tendência mundial dos Open Malls, que está recriando os…