Shopping São Leopoldo

6 de setembro de 2012Tempo de leitura: 5 minutos

CLIENTE: CONSTRUTORA BRASÍLIA GUAÍBA

 

O novo shopping de São Leopoldo está sendo projetado pela VZA | Vera Zaffari Arquitetura para a Construtora Brasília Guaíba. As obras previstas para iniciarem no último bimestre de 2012 visam criar um espaço atrativo para a cidade, resgatando a referência do antigo aeroclube que ali se situava.

As pesquisas de mercado e as linhas do projeto arquitetônico objetivaram criar um espaço atrativo, de referência na cidade, tentando resgatar a história local.

A VZA trabalhou para desenvolver um conceito baseado na antiga ocupação do terreno, o Aeroclube de São Leopoldo e todos os seus elementos estruturadores do espaço, bem como a sua sinergia com os demais elementos referenciais:

A torre de comando, como ponto de orientação;
O hangar com as suas estruturas amplas e simples;
A pista de aterrissagem com as suas marcações e luzes informativas;
Os aviões com os seus elementos intrínsecos, asas e janelas;
Os vidros, os metais impressos no local;
Elementos fortes, marcantes que não deixam esquecer a história local.

Com essa premissa, foi elaborado o conceito do shopping. Em cima dessa história, e tentando dar uma identidade ao empreendimento, vários elementos referenciais foram inseridos ao projeto e serão futuramente a comunicação do mesmo.

Levar a população da cidade a um retorno das origens perdidas que por muitos foram sentidas.

 

O terreno para a implantação do shopping está estrategicamente posicionado para atrair o público. Localizada na Zona Norte de São Leopoldo (RS) na divisa com o município de Novo Hamburgo, na intersecção da Avenida do Contorno e Rua Emílio Muller, a área apresenta fácil acesso, distante a 700 metros da estação do metrô.

Terreno

 

O shopping prevê alto potencial de acessibilidade para atender o público consumidor que circula entre São Leopoldo, Novo Hamburgo, Sapucaia e Canoas. Tem grande área de entretenimento, lojas satélites modulares, mega lojas, lojas âncoras, café, praça de alimentação e cinema. Ainda, em uma segunda fase tem como proposta integrar um centro comercial anexo – o Power Center – com duas lojas âncoras, 27 lojas satélites e dez mega lojas. Considera uma futura ligação com o atacadista Makro, já estabelecido no terreno limítrofe.
O projeto foi desenvolvido a partir de parcerias estratégicas baseadas em pesquisas de mercado e na expertise comercial da Mais Valor. A ele, a VZA agregou o conhecimento de empresas parceiras especializadas. “A integração de todos os envolvidos resultou em 57.000 m² entregues nos prazos acordados e que se tornarão referência regional em shopping center no Rio Grande do Sul”, diz a arquiteta e diretora Vera Zaffari.

Aglaia Cerri, arquiteta gestora de produção na VZA, menciona que a sinergia na condução do trabalho que envolveu a equipe de desenvolvimento e o cliente foi importante para os resultados obtidos neste projeto. “Tivemos a satisfação plena de todos os envolvidos”, completa.

 

São Leopoldo é uma das mais importantes cidades do Brasil por ter sido porta de entrada de imigrantes alemães. O avanço da cidade deixou uma lacuna em referência de infraestrutura local para comércio e lazer.

Para tanto, o empreendimento demandou espaços criativos e de referência para a cidade, além de uma área cultural que potencializará o comércio fomentando uma perspectiva de progresso socioeconômico. O Shopping São Leopoldo deve atrair o público dos municípios do entorno e que transitam da Serra ou do Planalto para a Capital gaúcha via Rodovias BR-116 e RS-240.

Amplamente divulgado na imprensa nacional, o empreendimento visa fortalecer a identidade cultural de São Leopoldo e potencializar a economia local que já aguarda um fluxo intenso de público a partir da sua inauguração prevista para 2014.

 

“Fizemos uma pesquisa de mercado para ver o que melhor se adaptaria ao local”, diz o diretor de operações da Brasília Guaíba, Sérgio Coelho da Silva. (Folha de São Paulo, Junho de 2012)

 

O sistema de ar condicionado que reaproveita a água gelada para potencializar com economia a climatização dos ambientes do shopping é o destaque da arquitetura sustentável projetada para este empreendimento. A eficiência energética dos equipamentos utilizados ocorre pelo uso do sistema inverter com gás refrigerante não agressivo para a camada de ozônio.

Vidros com controle solar foram incorporados ao projeto por reduzir em até 80% a entrada de calor nos ambientes. Outros elementos foram considerados, tais como o aproveitamento da água da chuva à irrigação, utilização de geradores para o consumo eficiente de energia, isolamento térmico, permeabilidade do solo no estacionamento aberto, preservação das árvores nativas pelo replantio, aproveitamento da luz natural, setorização por meio do uso inteligente de tecnologias para a automação, eficiência e longa vida útil do sistema de iluminação.

 

Local: Bairro Santos Dumont – São Leopoldo – RS
Previsão de inauguração: 2014
Área de Terreno: 34.988,61 m²
Pavimentos: 5
Área Total Construída: 57.269,61 m²
Área Bruta Locável (ABL): 20.894,78 m²
394 lojas (05 lojas Âncoras, 09 Mega Lojas e 380 Lojas Satélites)
Cinema: de 04 a 05 salas
Vagas: 850 un

 

http://www.jornalvs.com.br/sao-leopoldo/395926/novo-shopping-center-deve-abrir-portas-em-2014-na-zona-norte.html

 

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mercado/49609-mercado-aberto.shtml

 

http://www.portaldoshopping.com.br/noticias_interna.asp?codAreaMae=274&codArea=274&codConteudo=1&noticia=1

 

http://almanaquedazonasul.blogspot.com.br/2012/06/economia-investimentos-de-shopping.html

 

Compartilhe

Inscreva-se na nossa newsletter!

Tenha o melhor conteúdo sobre arquitetura e urbanização, atualizado e direto no seu e-mail.

Lojas Renner | Calle Florida: os principais desafios de desenvolver um projeto internacional de arquitetura de varejo

Em dezembro de 2019, realizamos mais uma entrega de arquitetura…

A Urgência da Transformação Digital na Construção Civil

A transformação digital nas empresas da construção civil…