Fechar

BIM é a melhor solução para redes hoteleiras que buscam padronização

23 de novembro de 2023Tempo de leitura: 4 minutos

A manutenção do padrão de arquitetura de uma rede hoteleira tem papel estratégico no setor. É por meio da identidade e respeito ao padrão da marca que hotéis conseguem dar aos hóspedes a sensação de familiaridade em qualquer parte do mundo. Entre as estratégias para alcançar esse objetivo, estão a repetição do design, do layout e a padronização das fachadas e das soluções de interiores e revestimentos nas várias unidades de uma rede.

Na hora de projetar esses empreendimentos, o Building Information Modeling (BIM) é, sem dúvida, a melhor ferramenta. Considerada a metodologia de projetos mais potente do mercado, o BIM é utilizado na arquitetura e construção civil para projetar, gerenciar e consolidar todas informações de etapas, processos e execuções de qualquer edificação. Esses atributos são essenciais quando se trata de projetos complexos, como é o caso de redes hoteleiras padronizadas.

Há redes hoteleiras que replicam o mesmo projeto em várias cidades pelo Brasil e até pelo mundo. E o BIM garante a repetição de padrão com velocidade e qualidade. Além do cuidado com a padronização, o uso do BIM permite um ganho de escala por garantir a repetição das mesmas soluções com precisão”, avalia a arquiteta e CEO da VZ&CO, Vera Zaffari.

 

Especialista em BIM para arquitetura comercial há uma década, Vera aposta no uso da metodologia para projetos de redes hoteleiras pelos resultados que o BIM garante em outros projetos complexos de arquitetura comercial, como grandes lojas âncoras e outros empreendimentos que demandam compatibilização de diversas disciplinas.

 

 

No caso de arquitetura de hotéis, os projetos são complexos por envolver, além dos múltiplos quartos e banheiros, instalações para cozinhas, lavanderias, depósitos, e outras áreas de operação e retaguarda.

 

Existe um programa de necessidades complexo, com instalações que precisam estar muito bem pensadas para evitar o máximo possível a necessidade de ajustes após a finalização da obra. E nesse ponto o BIM é muito importante porque permite melhor compatibilização das disciplinas, visualização completa e antecipação de processos para evitar erros”, pondera Vera Zaffari.

 

Na arquitetura de hotéis, projetos complexos demandam soluções de arquitetura comercial abrangentes, que atendam aos desafios de forma assertiva, sem agregar custos nem retrabalho. Com o BIM, é possível acompanhar todas as etapas do desenvolvimento de um projeto para redes hoteleiras de forma digital, desde a fase inicial de planejamento até o pós-construção.

Por meio do seu sistema automatizado e totalmente digital, o BIM reúne todas as disciplinas de um projeto de arquitetura e cria modelos virtuais precisos de uma construção, permitindo a inclusão de dados como o cálculo energético, controle de materiais, orçamento, entre outras informações.

Na prática, essas ferramentas permitem simulações avançadas que, além de facilitar a visualização pelas equipes de construção e clientes, viabilizam análises de iluminação, eficiência energética e fluxo de pessoas.

 

Manutenção e gestão eficiente

Quando se trata de arquitetura de hotéis, com empreendimentos de alto fluxo de pessoas e longos ciclos de utilização, a manutenção é um fator essencial nos projetos. O BIM prevê a funcionalidade da edificação e o seu desempenho ao longo do tempo, com previsibilidade sobre as primeiras manutenções.

Por meio de integração das informações, o BIM permite armazenar e gerenciar um conjunto de dados sobre relações espaciais, geometria, quantidades, qualidade de componentes, entre outros, que serão fundamentais para a realização de serviços de manutenção ao longo dos anos.

O uso do BIM no desenvolvimento de projetos de arquitetura para redes hoteleiras também tem vantagens em uma dimensão que é cada vez mais importante para o setor: a sustentabilidade. Em todo o mundo, o segmento hoteleiro está se adaptando a um modelo mais sustentável para responder à demanda dos viajantes por um turismo mais “verde”, com menos impacto ambiental.

O sistema de dados e modelos virtuais do BIM permite estudos de eficiência energética para melhor planejamento de infraestrutura de climatização, soluções para aproveitamento de recursos naturais e reciclagem dos insumos da obra. Desde a fase inicial do projeto, é possível prever soluções para economia de água, como sensores e sistemas de reúso; e estratégias para redução do uso de eletricidade, como iluminação natural, sensores de presença e investimentos em energias renováveis. Além disso, o BIM viabiliza ensaios para aferir e encontrar as melhores soluções para redução de emissões de carbono tanto na execução quanto na operação das redes hoteleiras.

 

Diferenciais VZ 

Utilizado pela VZ&CO em projetos de arquitetura comercial desde 2014, o BIM é assertivo na estimativa de custos, na visualização integral dos projetos e na redução de retrabalhos, itens fundamentais no planejamento e execução de projetos complexos como os de redes hoteleiras.

O BIM viabiliza uma estimativa de custos mais confiável, melhor compatibilização, garantia de que o padrão seja reproduzido com muito mais afinco, além de dar maior previsibilidade em relação ao prazo de obra por evitar retrabalhos”, lista Vera Zaffari.

Com experiência consolidada no desenvolvimento de rollouts de arquitetura comercial para as maiores marcas do varejo brasileiro, a equipe da VZ&CO está preparada para aplicar na arquitetura de hotéis a expertise em manutenção do padrão e identidade visual em várias unidades de uma mesma rede.

 


Sua empresa está em busca de um projeto de arquitetura para redes hoteleiras? Fale com a nossa equipe, entre em contato com a VZ&CO.

 


 

Compartilhe

Posts relacionados

Prêmio POPAI 2023: Ouro no Oscar do Varejo reconhece excelência do rollout da VZ&CO para a Renner Canela

  A VZ&CO encerra 2023 com chave de ouro, literalmente,…

BIM é a melhor solução para redes hoteleiras que buscam padronização

A manutenção do padrão de arquitetura de uma rede hoteleira…

Inscreva-se na nossa newsletter!

Tenha o melhor conteúdo sobre arquitetura e urbanização, atualizado e direto no seu e-mail.